13/01/15

Afinal, o que é a pobreza

Muitos românticos, religiosos e espiritualistas dizem por demagogia que nem sempre ser pobre é ser pobre. Eles alegam por exemplo que um rico pode querer ter coisas que um pobre tem e assim o rico pode ser considerado pobre. Outros dizem que a pobreza é oriunda dos valores morais que um cidadão tem.
Bom, eu gostaria aqui de apresentar a minha visão sobre ser pobre. Sobre isso eu tenho autoridade para falar...

Sem viajar muito nas filosofias sem pé e cabeça que são apresentadas por aí, ser pobre para mim é precisar e não ter.
Hoje em dia nós alcançamos um padrão tecnológico  que não nos permite sermos felizes nos mesmos moldes de 600 anos atrás, a nossa felicidade hoje em dia não é sustentada mais pelo o que era antes, muitos aí até falam que a felicidade esta em morar-se no meio do mato. Mas eu gostaria de saber para onde iria essa felicidade na hora de se matar um animal para se comer ou para se defender? Para onde iria essa felicidade se uma doença transmitida por algum vetor biológico lhe atacasse sem ter os recursos dos hospitais "modernos" ? Para onde iria essa felicidade no caso de morar no mato e se ter uma mudança climática severa sem ter os apetrechos tecnológicos para lhe amparar? Para onde iria a sua felicidade no mato se outros invasores dominassem a sua terra sem nenhuma lei para lhe amparar? Ou seja, no mato também existe problemas , todos oriundos de uma falta! Se existe falta, existe o perigo dessa falta lhe arruinar e assim sendo, a pobreza pode existir sem ao menos precisar existir uma moeda.  É uma ilusão achar que todos os camponeses de centenas de anos atrás eram felizes na miséria, eles viviam menos, tinham várias doenças e sofriam literalmente na pele a arbitrariedade do homem. Bom, se você acredita que os valores espirituais e sentimentais são suficientes para ser feliz , mude-se para a Libéria e more lá 10 anos, depois nos relate como foi boa a sua vida lá.


























Existe vários tipos de pobreza, a pobreza sexo-afetiva, quando ninguém por quem você se atrai gosta de você, a pobreza intelectual quando você não consegue acompanhar o raciocínio de resolução de problemas dos outros, a pobreza de força quando você tem preguiça para tudo, a pobreza de beleza quando você nasce num local onde a sua aparência causa aos outros pavor, a pobreza de saúde onde o seu sistema imunológico falha a todo momento, a pobreza moral quando a sua moralidade é destruída pela malícia dos outros e a pobreza mais conhecida que é a falta de dinheiro propriamente dito.

Falando em dinheiro, é bom lembrar que vivemos em uma sociedade que se mantem com a ajuda dele, logo ter dinheiro é um instrumento facilitador da felicidade , ressalvo que assim como a arma de fogo não é a morte, o dinheiro não é a felicidade. Isso porem não quer dizer que arma não tenha ótimo potencial para matar e o dinheiro não tenha um ótimo potencial para deixar alguém feliz.

Ser pobre em nossa sociedade é precisar se tratar em hospital descente e no final das contas acabar definhando em uma fila de hospital público, ser pobre  aqui é precisar ir procurar um trabalho e não ter dinheiro para comprar um sapato e roupas para a entrevista de emprego, ser pobre também é estar doente deprimido, debilitado e ter que ir trabalhar todos os dias 8 horas por dia sem poder reclamar, ser pobre na sociedade é deixar as marcas do tempo acabarem com os seus dentes , pele e cabelos quando os mais endinheirados podem comprar tudo isso, ser pobre é depender de remédios caros que o governo distribui quando pode, ser pobre é lutar diariamente contra o mau cheiro natural do seu corpo sem nenhuma arma eficaz, ser pobre é ser rejeitado por quem se ama apenas por não ter boas vestes e perfumes, ser pobre é ficar com dor de dente proveniente de um dente estragado tendo mal hálito , ir no dentista público e ter todos os seus dentes arrancados, ser pobre é não ter acesso ao melhor, o melhor médico, o melhor alimento, a melhor bebida, o melhor colchão, o melhor saneamento, a melhor assepsia. Em fim, ser pobre no Brasil é o que deveria ser chamado de "Penar no paraíso".

Eu posso lhes dizer como ninguém que não é uma boa experiência ser pobre, não falo isso porque quero fazer poemas ou livros de auto ajuda, eu já morei em favelas e cortiços, sei muito bem o que é acordar toda manhã com uma gritaria infernal de crianças e bandidos, um fedor de fezes secas com urina e esgoto entupido em todas as partes, moscas e ratos dentro de corredores escuros com pessoas doentes mentais, assassinos e crianças sujas colocando as mãos meladas em sua perna. Se você em um desses tipos de locais compra uma TV, rádio ou algo que seja eletrônico, já é motivo de preocupação pois todos querem saquear a sua casa. Esses locais geralmente são governados por bandidos perigosos que você sempre deve reverencia-los se não quiser arrumar mais problemas. Quando eu morei num local assim, eu sempre tinha que combinar com familiares de sempre que um saísse outro deveria ficar em casa, pois quando os bandidos não arrombavam a porta , os policiais o faziam. Era comum por exemplo, a minha casa ser checada por policiais as vezes, eles pisavam até na minha cama, quando eles entravam, vinham junto outros moradores curiosos que eram na verdade pupilos dos bandidos, eles tinham o dever de olhar tudo o que existia dentro da sua casa para depois contar aos bandidos e esses depois iam lhe roubar, então sempre, sem exceção, quando alguém batia na porta (era bater na porta mesmo , pra não dizer esmurrar , esse seria o termo mais apropriado) sempre eu escondia a TV e o rádio no meio das roupas que ficavam jogadas propositalmente.
Quando os meus pais faziam compras no mercado, todos os vizinhos nos engoliam com olhares de cobiça as nossas sacolas, a ponto de nós adotarmos a estratégia de trazer as compras em sacolas de lixo para não chamar atenção.

Agora me diga, como alguém pode ser feliz a longo prazo num local desses? Ser pobre realmente é bom? Só se você gostar de viver no meio do fedor de fezes secas e das ordens infernais de vários bandidos! Aí ser pobre para você será  magnífico!

Eu sei que muitos espíritas querendo explicar o mundo de forma simplista com tabelinhas também simplistas irão dizer que a verdadeira riqueza é a do espírito e que pessoas que são miseráveis são aquelas que em outra vida fizeram mau uso do dinheiro e agora pediram uma missão para reaver tal fato.
Eu discordo completamente disso pois a quantidade de pessoas pobres no mundo desde a muito tempo atrás sempre foi maioria. Mesmo que essas pessoas pobres tenham vindo de outros planetas, seria correto aprontar coisas erradas em um mundo e ir aprender a lição em um outro diferente?

No próprio nicho espiritualista encontramos materiais que refutam a lógica simplista dos espíritas, vejam que nos livros de Brian Weiss, famoso psiquiatra americano que usa técnicas de hipnose para se colher memórias passadas, os pacientes hipnotizados dele quando eram grandes nessa vida, em sua maioria eram também grandiosos na maioria das outras supostas vidas passadas, fossem bons ou maus, quando o paciente tinha vida financeira medíocre nessa vida atual, nas vidas passadas constatava-se que a linha de pobreza dessa pessoa, na maioria das vezes tinha poucas alterações retirando-lhes o contexto.
Lembro-me de um caso de uma mulher que foi no consultório de Weiss se queixar que tinha mania de defender judeus e atacar palestinos, ela foi regredida e e foi visto que ela tinha um cargo que ganhava relativamente bem para levar judeus para campos de concentração, ela era um homem nazista , não me lembro bem da sua graduação nesse regime, mas boa coisa ela não era. Só se preocupava se as balas para matarem judeus eram bem usadas ou não. Hoje essa mulher é uma grande executiva que trabalha na transição de empresas que são compradas por outras empresas milionárias. Pelo espiritismo tradicional essa moça deveria ter nascido cheia de problemas de saúde e na miséria para recuperar com a consciência dela o que ela fez aos outros, no entanto ela está muito bem, diga-se de passagem.

Então eu reforço, pobreza é falta, eu não acho correto se viver na falta em um universo com tanta matéria prima jogada no lixo. Ser pobre é viver DEBAIXO da lei do mais forte. Você quer isso para você?
Não acho correto se acumular milhões enquanto algumas pessoas não tem nada, porem eu não acho bonito também não se ter nada e nem poder algum momento da vida se permitir uma pequena extravagancia.














Cantinho da perseguição

Eu não aguento mais ser perseguido pelo tal Akamai, esse japonês me persegue com vários outros nicks: fbstatic-a.akamaihd.net fbstatic-a.akamai.net, as veze até acho que esse akamai é um espião da presidente Dilma. Saia da minha vida Akamai! Não Aguento mais ver você na praia de Pitangueiras, morra!

Outra coisa que me persegue: toda hora no facebook aparece um dito link chamado "Pessoas que você talvez conheça", quando eu clico, ao olhar a lista eu penso que o nome deveria ser outro: Periguetes que você nunca viu na vida!

Mabel | Midia Ninja Twitter | Seja um ateu praticante | Discord Bate papo | Sexo no VK | Zoeirinha Guarujá

Ceboliceta, o blog que leva a sua mente pra Marte

A qualquer momento podemos entrar no ar

O porque o mundo pode mudar de repente!
NSA SPY