02/06/15

Cartilha e homossexualidade revelam a face homofóbica da TV Record

Hoje infelizmente  ao passar pela sala da minha casa para pegar uma bebida na cozinha ,escutei o apresentador Marcelo Rezende da TV Record  ironizando a prefeitura de Guarulhos em São Paulo por ter distribuído cartilhas com temas ousados para crianças de até 11 anos. Bom, a minha intuição logo me avisou que para ter tanto estardalhaço difundido por todos os meios de comunicação Recordianos , só poderia ter alguma coisa ligada à homossexualidade ou à TV Globo, bom, eu estava certo, a cartilha foi criticada por falar de homossexualidade, em nenhum momento o apresentador do cidade alerta informou aos telespectadores exatamente que textos de homossexualidade a cartilha tratava. Percival , o repórter que faz o ato de ser vítima de assédio moral parecer  divertido, ainda salientou que o homossexualismo não pode ser posto como estilo de vida. Marcelo Rezende aproveitou e recomendou que o prefeito de Guarulhos fizesse uma cartilha para se evitar atos ilegais em seu partido,  o PT. O Portal R7 da TV Record também abordou o assunto nesse link.

Depois tivemos  comentários infelizes de alguns vereadores dizendo não terem nada contra a homossexualidade , ironicamente se referindo a ela como homossexualismo... sei... Imagine se tivessem algo contra! No mesmo vídeo um vereador esbraveja dizendo que não existe um terceiro sexo...

Depois tivemos um depoimento de uma psicóloga dizendo que o papel de uma mulher é um e que ela não pode crescer achando que terá um papel de homem...

Em fim, a TV record controlada pela igreja universal do reino de levítico, a mesma que convidou a presidente Dilma do PT para a inauguração de seu templo faraônico em São Paulo, pediu a cabeça do prefeito de Guarulhos , também do PT por alegar que ele esteja fazendo propaganda da homossexualidade.
Vivemos na Rússia, não podemos falar de homossexualidade agora... Isso é considerado propaganda agora.


Sim, a TV Record quer vender a ideia de que uma conspiração orquestrada pelo demônio esta apoiando uma propaganda global para formar crianças homossexuais ,isso mesmo! A criança vê a propaganda e então passa a querer deixar de ser heterossexual para querer ser homossexual. Isso beira o ridículo pois ninguém muda a sexualidade internamente porque viu um texto sobre outra sexualidade. Ninguém vira zoófilo por saber como os animais selvagens se acasalam.  Eu dos meus 6 aos 11 anos vivia me masturbando por revistas de sexo de homens com mulheres e nem por isso eu deixei de ser homossexual.

Eu concordo que falar de sexo com crianças menores de 11 anos seja algo tenso e delicado, realmente um ninho de vespas que eu não ousaria tocar, porem ninguém na TV Record criticou o fato de se falar de sexo com crianças mas sim falar de homossexualidade com crianças, dando a entender que se o tema sexual posto na cartilha fosse por exemplo a ejaculação e os orgasmos multiplos de um casal heterossexual evangélico, tudo seria tolerado e visto com bons olhos. Percebem? A Record não atacou o fato de se falar de sexo prematuramente com crianças , a Record atacou a homossexualidade de uma forma covarde jogando a comoção nacional contra o tema.

Veja que o alvo da TV Record e seus dirigentes religiosos não é o sexo nem a preservação das crianças contra temas adultos mas sim a homossexualidade. Leia a pergunta que é dita na reportagem exibida no programa : "A escola pública pode trazer para as salas de aula temas como a homossexualidade?"
A frase pergunta algo como se estivesse consultando algo ilícito, ilegal a ser aprovado ou reprovado por parte da população. Dando a entender que a homossexualidade abominável assim como a doutrina nazista.

Seria imoral falar por exemplo em uma escola sobre o número de pessoas mortas e agredidas por causa delas terem a sexualidade homossexual? Não vejo nada demais nesse caso.

A ignorância é tamanha que no vídeo aparece uma mulher aparentando os seus 50 anos dizendo:
"...que a criança pode aprender errado lá dentro da escola com outros alunos..." , fazendo referencia à homossexualidade. A TV Record(Igreja Universal) com isso busca o apelo à  ignorância para angariar seguidores ignorantes que se sensibilizam com crianças para que estes sejam massa de manobra para esmagar a vida dos homossexuais brasileiros.

Uma reportagem honesta, criticaria sim o fato de se falar de sexo com crianças tão novas como as menores de 11 anos, independente do tema que fosse. Uma reportagem honesta não trataria a sexualidade de minorias que vivem sendo perseguidas como propaganda, insuflando mais ódio ainda contra essa minoria.
A TV Record do reino de levítico está de parabéns em sua estratégia de chamar ignorantes para lhe apoiar nas suas ideias preconceituosas. A IURD poderia fazer reportagem contra algumas escolas que aderem ao ensino religioso pelo fato de que na bíblia temos também propagandas a favor do estupro... Mas em fim, o Brasil é a universal...

Cantinho da perseguição

Eu não aguento mais ser perseguido pelo tal Akamai, esse japonês me persegue com vários outros nicks: fbstatic-a.akamaihd.net fbstatic-a.akamai.net, as veze até acho que esse akamai é um espião da presidente Dilma. Saia da minha vida Akamai! Não Aguento mais ver você na praia de Pitangueiras, morra!

Outra coisa que me persegue: toda hora no facebook aparece um dito link chamado "Pessoas que você talvez conheça", quando eu clico, ao olhar a lista eu penso que o nome deveria ser outro: Periguetes que você nunca viu na vida!

Mabel | Midia Ninja Twitter | Seja um ateu praticante | Discord Bate papo | Sexo no VK | Zoeirinha Guarujá

Ceboliceta, o blog que leva a sua mente pra Marte

A qualquer momento podemos entrar no ar

O porque o mundo pode mudar de repente!
NSA SPY