25/11/15

O cerimonial para a visita de um chefe de estado é ridículo demais !

Gente , tem coisa mais cafona e ultrapassada do que desfile militar e cerimonial para a visita de um chefe de estado no Brasil?
Quando o presidente de algum país civilizado e industrial chega aqui, deve se assustar: primeiro , o carro do presidente chega e logo é rodeado por cavalos e cavaleiros que usam uma peruca que vai até a bunda, será que eles se inspiram em São Jorge?



Os cavalos vão andando, cagando e os carros passando por cima das fezes, imagine só a cara da autoridade dentro do carro vendo as bundas dos cavalos soltarem jatos e jatos de merda em direção ao para-brisa, deve ser emocionante.
Depois os cavaleiros de peruca e fitinhas que mais parecem trapo rasgado se afastam e deixam o carro do visitante avançar. O carro pára e o presidente estrangeiro tem o seu primeiro contato com o que é o Brasil: Sol quente de 40 graus com pessoas usando terno e gravata, a transpiração rola solta e todo mundo fazendo sorrisos.

O visitante logo vê que Brasilia é uma cidade feia e quadrada, parece uma cidade cenográfica toda quadradona sem glamour nenhum. Os visitantes são educados e diplomáticos , daí eles dizem que Brasília é um projeto arquitetônico avançado e bem feito, na verdade eles falam isso para disfarçarem o horror que sentem por verem uma arquitetura tão "caixote" como é a do distrito federal. Repare que os visitantes usam vários adjetivos para Brasilia , só não usam o "bonita", claro, seria cinismo demais.

Então o presidente estrangeiro deve sair do seu carro confortável e ser largado no meio de uma avenida que atrás mostra a visão de um morro cheio de casas feias, a impressão é que um caminhão irá surgir para atropelá-lo. Talvez isso já demonstre ao mundo que brasileiros não gostam de organização e regras, afinal meio de rua não foi feito para pedestres andarem no sentido dos carros mas aqui isso vira cerimônia para os outros aplaudirem.

Mais a frente o vexame não termina, a autoridade estrangeira largada literalmente no meio da rua é recepcionada por uns seres humanos vestido de mosquitos da dengue de uniforme azul , espada e sapato social, chamo esses soldadinhos de mosquito pois aquilo que eles carregam no topo da cabeça parece aquelas antenas peludas de machos do mosquito da dengue. As suas roupas são de um colorido infernal: azul, amarelo, preto, vermelho e branco.  Como toda desgraça não pode ser pouca, esses mesmos soldados robotizados , para se aparecerem, mandam o visitante estrangeiro ficarem parados em frente a eles para que eles façam circo: eles se aventuram a fazer coreografias rapidinhas com a espada imitando um robô, ainda por cima o presidente visitante não pode rir da cara de uma coisa tão estúpida como essa. Pra piorar, o soldadinho cibernético vestido de alegoria de escola de samba usa duas espadas, uma apontada para cima e outra apontada para baixo, mostrando que o povo brasileiro gosta de complicações e malabarismos desconfortáveis. Brasileiro acha bonito ser sofredor e quer que todos achem isso legal.
Então o soldadinho deixa o visitante passar após fazer as suas palhaçadas e vai seguindo a autoridade que segue a frente espantada com um encosto daquele atrás segurando duas espadas.

Para piorar tem a bandinha, a bandinha toca uma música da saudade, como se fosse uma apresentação circense mostrando que todo brasileiro gosta de circo. Uma parte da bandinha o presidente visitante deve ignorar, outra parte, já a bandinha mais a frente com uma bandeira dourada, o visitante deve fazer um cumprimento no estilo japonês baixando a cabeça rapidamente, é quase religioso, eles te ignoram nessa fase. O encosto continua a te seguir, se ele for um terrorista, pode lhe espetar. Você vai andando e tem que se virar para o encosto parar e fazer as suas coreografias de robocop , depois disso é que você pode subir a rampa para falar com o presidente brasileiro. Felizmente nesse vídeo acima, Angela Merkel simplificou as coisas , deixou o encosto falando sozinho e foi direto à rampa sem precisar ver mais uma coreografia bizarra do soldadinho de chumbo. Adorei! Os alemães são bem práticos e os brasileiros cheios de pompas e complicações idiotas.

O visitante é forçado a subir uma rampa muito fácil de cair sem apoio algum, mostrando que o brasileiro adora dificuldades e construir coisas sem pensar nos problemas futuros. Para o brasileiro facilidade soa como "vagabundice", se você for contra isso, lhe rotulam de arrogante.

Bem chegando no fim da rampa, a pessoa cumprimenta o presidente brasileiro , ouve um hino nacional para se alegrar um pouco e depois fica vendo uns canhões chinfrins atirarem sabe-se lá para que, vai ver que é para lavar dinheiro.

Agora me digam: existe coisa mais ridícula e dispendiosa do que isso? Não seria mais fácil o carro da autoridade presidencial visitante parar do lado da rampa e deixar a sua comitiva subir sem esse fru fru todo?
Pra mim, parada militar e cerimônia de recepção de pessoas deveriam ser extintas, isso é coisa de herança de governo autoritário e militar, essas coisas assim devem ser abolidas.

Cantinho da perseguição

Eu não aguento mais ser perseguido pelo tal Akamai, esse japonês me persegue com vários outros nicks: fbstatic-a.akamaihd.net fbstatic-a.akamai.net, as veze até acho que esse akamai é um espião da presidente Dilma. Saia da minha vida Akamai! Não Aguento mais ver você na praia de Pitangueiras, morra!

Outra coisa que me persegue: toda hora no facebook aparece um dito link chamado "Pessoas que você talvez conheça", quando eu clico, ao olhar a lista eu penso que o nome deveria ser outro: Periguetes que você nunca viu na vida!

Mabel | Midia Ninja Twitter | Seja um ateu praticante | Discord Bate papo | Sexo no VK | Zoeirinha Guarujá

Ceboliceta, o blog que leva a sua mente pra Marte

A qualquer momento podemos entrar no ar

O porque o mundo pode mudar de repente!
NSA SPY